Fatores de Risco

Antes de tomar uma decisão de investimento, os potenciais investidores devem considerar cuidadosamente todas as informações disponíveis neste website, em especial os riscos mencionados abaixo. Os negócios, situação financeira e resultados de operações da Equatorial Energia podem ser adversa e materialmente afetados por quaisquer desses riscos e, por conseguinte, impactar negativamente os títulos emitidos pela Companhia. Os riscos descritos abaixo são aqueles conhecidos pela Equatorial Energia e que, acredita-se, podem afetar de maneira relevante a Companhia. Riscos adicionais não conhecidos pela Equatorial Energia ou considerados irrelevantes também podem afetar os seus negócios.

1) Riscos Relacionados a Fatores Macroeconômicos

  • O Governo Federal tem exercido, e continua a exercer, influência significativa sobre a economia brasileira. Condições políticas e econômicas no Brasil podem causar um efeito adverso na Companhia e no preço das ações de emissão da Companhia.
  • Em caso de instabilidade política, a Equatorial Energia e o preço das suas ações poderão ser adversamente afetados.
  • A inflação e certas medidas governamentais para combatê-la podem contribuir para a incerteza econômica no Brasil e afetar adversamente a Companhia e o preço das suas ações.
  • A deterioração das condições econômicas e de mercado em outros países, principalmente nas economias emergentes, pode afetar adversamente a economia brasileira, a Companhia e o preço das suas ações.
  • Alterações na legislação tributária do Brasil podem ter efeito adverso na Equatorial Energia.

2) Riscos Relacionados ao Setor Elétrico Brasileiro

  • Modificações na atual estrutura do setor elétrico podem afetar adversamente a Companhia.
  • Alterações nas leis e na regulamentação expedida pela ANEEL podem afetar de maneira adversa as empresas do setor de energia elétrica, inclusive a Equatorial Energia.
  • Alterações na regulamentação tarifária do Setor Elétrico e política tarifária podem afetar adversamente a Companhia.
  • Previsões incorretas das necessidades de energia na respectiva área de distribuição podem afetar adversamente a Equatorial Energia.
  • O impacto de uma potencial falta de eletricidade e o conseqüente racionamento de energia elétrica poderá ter um efeito adverso sobre a Companhia.
  • Alterações nas leis e regulamentos ambientais podem afetar de maneira adversa as empresas do setor de energia elétrica, inclusive a Equatorial Energia.
  • O Governo Federal criou um programa de universalização que requer o investimento das distribuidoras de energia elétrica no atendimento a determinados grupos de consumidores, de acordo com ce rta s metas pré-definidas. O não atendimento dessas metas ou a criação de novos programas semelhantes pelo Governo podem resultar em efeitos adversos na Companhia.

3) Riscos Relacionados à Companhia

  • A ANEEL pode impor penalidades à Equatorial Energia ou intervir em concessões outorgadas à Companhia por descumprimento de obrigações previstas em contratos de concessão, autorizações e leis e regulamentos setoriais.
  • Decisões judiciais desfavoráveis podem afetar adversamente a Equatorial Energia.
  • O grau de inadimplência dos clientes pode afetar adversamente a Companhia.
  • Parte dos bens da Equatorial Energia estão vinculados à prestação de serviços públicos. Esses bens não estarão disponíveis para liquidação em caso de falência nem poderão ser objeto de penhora para garantir a execução de decisões judiciais.
  • O aumento no nível de perdas comerciais de energia pode afetar adversamente a Companhia.
  • A Equatorial Energia e seu plano de investimento podem ser adversamente afetados pela incapacidade da Companhia de obter financiamentos e acessar mercados de capitais.
  • A Equatorial Energia pode não conseguir implementar integralmente sua estratégia de negócios.
  • A Companhia pode não ser capaz de realizar aquisições com a regularidade, importância, ou mesmo a preços e em condições tão favoráveis quanto aos previstos em sua estratégia de negócios, o que poderia ter um efeito adverso relevante sobre seu crescimento e sobre o resultado de suas operações.
  • A Equatorial Energia atua em um setor que passa por consolidação constante no âmbito nacional e internacional e pode ser afetado por aquisições realizadas pela Companhia ou pela aquisição da própria Companhia por outras entidades.
  • As distribuidoras de energia são objetivamente responsáveis por quaisquer danos resultantes da prestação inadequada de serviços de distribuição de energia e as apólices de seguro da Companhia Energética do Maranhão - CEMAR (sociedade controlada pela Companhia, concessionária do serviço de distribuição de energia elétrica no estado do Maranhão) e da CELPA podem não cobrir estes e outros danos integralmente.
  • A captação de recursos adicionais poderá diluir a participação acionária de investidores na Equatorial Energia.
  • O acionista controlador poderá tomar determinadas decisões em relação aos negócios da Equatorial Energia que podem conflitar com o interesse dos demais investidores.

4) Riscos Relacionados às ações ordinárias

  • A relativa volatilidade e a falta de liquidez do mercado de capitais brasileiro pode limitar substancialmente a capacidade dos investidores de vender as ações ordinárias da Equatorial Energia ao preço ou na ocasião desejados.
  • Não há garantia de que os acionistas da Equatorial Energia receberão dividendos.
  • A venda substancial de ações ordinárias pode causar a diminuição do valor de mercado dessas ações ordinárias.
  • O cancelamento das ações ordinárias da Equatorial Energia pode causar um efeito material adverso no mercado para negociação das ações ordinárias e em seu valor, bem como no mercado das ações ordinárias e preferenciais de emissão da Companhia e em seus valores.