Transmissão

A Equatorial Transmissão é uma empresa que pertence ao Grupo Equatorial Energia, holding com atuação no setor elétrico brasileiro. Em 2016, o grupo ingressou no segmento de transmissão de energia ao vencer o certame de sete lotes no Leilão de Transmissão 013/2015-ANEEL, Segunda Etapa, que ocorreu em 28 de outubro de 2016, para implantação e operação de aproximadamente 2.200 km de linhas de transmissão nos estados do Pará, Piauí, Bahia e Minas Gerais, por um período de concessão de 30 anos. Posteriormente, venceu mais um lote no leilão 005/2016-ANEEL, em abril de2017, adicionando mais 436 km de linhas de transmissão. Por isso, a Equatorial Transmissão montou seu próprio Centro de Operação do Sistema (COS), em Brasília, que irá operar todas estas Linhas e Subestações.

O segmento de transmissão tem sido uma das prioridades do Grupo Equatorial Energia, com empreendimentos que visam promover a melhoria da qualidade de energia elétrica através da construção e ampliação de subestações já existentes e aumento da extensão da malha do Sistema Interligado Nacional (SIN).

Para saber mais, acesse www.equatorial-t.com.br

Intesa

Em 15/08/2005, a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL divulgou o edital 001/2005, referente ao leilão de concessões de exploração de Linhas de Transmissão. O Leilão ocorreu em 17/11/2005 na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro.

Visando participar do referido Leilão, as Empresas ELETRONORTE, CHESF, ENGEVIX e o FIP Brasil Energia, constituíram o Consórcio Integração que ofertou o lance vencedor da concessão para explorar o conjunto de linhas de transmissão e subestações constantes do “Lote B“ (Interligação Norte-Sul 3, Trecho 2).

Com a assinatura do contrato 002/2006 entre a INTESA e ANEEL realizada em 27 de abril de 2006, todos direitos e obrigações referentes ao andamento do negócio foram formalizados e, portanto, a INTESA assumiu a responsabilidade de gerenciar o seu negócio de maneira a cumprir todos os marcos contratuais e o planejamento para tornar disponível a prestação de serviço de energia elétrica.
A data de início da operação comercial do empreendimento foi 30 de maio de 2008.

Em 19/12/2017, a Equatorial Energia S.A. adquiriu a totalidade das ações de propriedade do Fundo de Investimento em Participações Brasil Energia.
Em 24/12/2018, a Equatorial Energia S.A. adquiriu a totalidade das ações de propriedade da Eletrobrás, tornando-se proprietária de 100% da INTESA.

Para saber mais, acesse www.intesa.com.br


Geração

A Usina Termoelétrica Gera Maranhão conquistou PPAs no LEN 02/2007. Possui duas plantas gêmeas (Geramar I e Geramar II) que utilizam óleo combustível para, juntas produzirem energia suficiente para abastecer toda a Ilha de São Luís, capital do Estado do Maranhão.

A usina está localizada no município de Mirando do Norte, a 120 Km de São Luís. A instalação tem potencial de geração de energia de 245.400 MWh/mês, o que corresponde a capacidade para atender 1,6 milhões de residências.